quinta-feira, 6 de maio de 2010

Contos - E Foi Assim! (2)


Por: Drica Colorida


Maurício voltou, estáva-mos ansiosos, ele voltou sozinho, perguntamos: "conseguiu falar com a moça?", ele respondeu, "sim graças a Deus, ela vem vindo!", olhamos, e ela vinha cavalgando, num cavalo preto, que moça bonita, seus cabelos voavam, usava uma roupa tão bonita, botas, parecia um filme de velho oeste rs. Ela se aproximou, desceu do cavalo, se apresentou, "Olá sou Marcela!, onde está a paciente?", meu tio ficou muito contente, que a moça se dispos tão rápido!
Eu olhei pra ela, parecia algo hipnótico a sua beleza. Ela imobilizou a pata da vaca, deu remédio. Meu tio foi o enfermeiro, ficou muito agradecido, e ela nada cobrou pelo serviço. Meu tio insistiu em pagar, mas ela não aceitou, alegou estar de férias, e que fazia o que mais gostava, cuidar de animais. A partir dali surgia uma bela amizade. Na hora de se despedir, ela olhou pra mim, e disse "como você é bonita!" , eu fiquei vermelha, jamais tinha tido um elogio tão direto de uma mulher! Havia na época de escola beijado uma amiga, mas foi só. Me arrepiei com aquele olhar que ela lançou a mim. 
Ela se foi, já tava tarde. Fomos dormir! Na manhã seguinte, acordamos cedo como de costume, quando....


Artigos Relacionados

0 comentários:

Postar um comentário