sexta-feira, 21 de maio de 2010

Até que ponto as diferenças podem atrapalhar?

Olá Amigas Coloridas,

Durante essa caminhada, tenho feito muitas amizades, visto e ouvido muitas histórias. Histórias de amor, de amizades, histórias que não deram certo, histórias lindas também. Ai eu pergunto a vocês, até que ponto as diferenças podem interferir em um relacionamento? Diferenças de idade, diferenças de culturas, diferenças sociais, diferenças religiosas, gostaria de ver a participação de vocês nos comentários. Vejo que existe dificuldades em relação a isso, nos relacionamentos. Verdade é que em certos casos atrapalha sim, ainda mais se as duas partes forem inflexíveis, se nenhuma das duas cedem em algum ponto, ou se levam tudo ao pé da letra.
Eu particularmente, acho que um relacionamento deve haver compreensão, às vezes é preciso ceder, mesmo não sendo sua vontade. O diálogo é fundamental, sentar, conversar, expôr o que sente.
E quando o relacionamento, se torna um casamento, acho que a palavra "meu" ou "minha" não pode mais existir, e tem que dar lugar ao "nosso", exemplo: "nossa vida", "nosso amor", "nossa casa", "nossos filhos", "nossas contas", etc.
Um erro que muitas vezes é fatal, é uma das partes, sempre usar o "meu", "meu isso", "meu aquilo". Se duas pessoas se unem, a união deve ser completa, já não são  mais duas, são uma. 
Outro grande ponto, tratar mal os familiares da companheira, "a sogra", acho que ninguém gostaria de ver sua prórpria mãe sendo desprezada. Ainda que não se seja aceita, a educação e o carinho faz com que as pedras atiradas, no meio do caminho se desmanchem e se tornem pétalas de rosas!
Pois bem amigas, deixem suas opiniões, seus argumentos, seus exemplos, escrevam, fiquem à vontade!


Artigos Relacionados

0 comentários:

Postar um comentário