Lembranças

 Por: Drica Colorida

Ao som de uma canção
que envolve o coração
é assim que um amor
volta a lembrança.
Aquele que você guardou
tanto tempo carregou
são as marcas de um sonho
de quem um dia se apaixonou.
E vida vai seguindo
seu rumo cheia de esperança
que o amanhã sempre chega
seguimos com confiança!
Lembramos às vezes
tão nítidamente
como se real fosse
não só em nossa mente
Mas guardamos bons momentos
e os maus laçamos no esquecimento
de onde nunca tornarão
Mas aquilo que é bom 
sempre volta 
porque guardado está 
em nosso coração!


Envie Sua História ou Poesia, Participe!!!
Entre em  Contato


Continue...

Saúde da Mulher

Olá Amigas Coloridas, 

Hoje vou deixar um pouco de lado as poesias, os contos, as palavras bonitas, pra falar de uma coisa muito importante, a nossa saúde. Mais específicamente, nós mulheres devemos nos preocupar com a saúde ginecológica. Então não deixe de se cuidar...


O exame ginecológico é um dos mais importantes exames para a saúde da mulher. É normal que existam medos e ansiedades para a sua realização.

O exame é simples, e tem reduzido as mortes por câncer de colo de útero em 70 %, desde sua criação pelo Dr. George Papanicolaou em 1940. O sucesso do teste é porque ele pode detectar o vírus HPV e outras doenças que ocorrem no colo do útero antes do desenvolvimento do câncer. O exame não é somente uma maneira de diagnosticar a doença mas serve principalmente para determinar o risco de uma mulher vir a desenvolver o câncer.


Quem pode e deve fazer o exame ?

Todas as mulheres com ou sem atividade sexual devem fazer o exame anualmente.

Qual a melhor época para fazê-lo?

No mínimo uma semana antes de sua menstruação. Evite duchas, cremes vaginais, e relações sexuais tres dias antes do exame.


No que consiste o exame ginecológico ?


O exame completo é constituído do exame das mamas e depois o exame ginecológico. Este é constituído pelo exame externo da vulva e depois a colocação de um especulo na vagina para visualizar a vagina e o colo do útero.

Também consiste no exame de toque vaginal quando o(a) médico coloca dois dedos na vagina para examinar os órgãos internos da pélvis feminina.

Mulheres virgens também devem ser examinadas ?

Sim, existem diversas técnicas que permitem o exame de mulheres virgens. Avise o médico que você é virgem ANTES do exame.

O que o médico vê lá dentro ?

O exame mostra o interior da vagina e o colo do útero.

O que é o colo do útero?

Colo do útero é a parte do útero que fica dentro da vagina.

E o exame preventivo de câncer, o que é ?

Este exame é a colheita de material do colo do útero o qual é mandado para um laboratório especializado em citopatologia. Também é chamado de citologia oncótica, colpocitologia, papanicolaou, e fora do Brasil é conhecido como Pap Test ou Pap Smear.

Colheita do Exame de papanicolaou

Este exame pode ser complementado com a Colposcopia.

Quais são os possíveis resultados ?

O resultado pode ser fornecido em Classes de papanicolaou que variam de I a V ou em descrição das lesões. Estes resultados devem ser interpretados exclusivamente por seu médico. Se tiver dúvidas pergunte.

Mas este exame só serve para isto ?

Não, a citologia serve para determinar outras condições de saúde de seu corpo tais como nível hormonal, e doenças da vagina e doenças do colo do útero. Por isto é importante que seja o seu médico quem interprete o exame e lhe dê medicamentos específicos para estas alterações.

Mais ainda o exame ginecológico é uma excelente oportunidade para você conversar com seu médico a respeito de sua saúde e de temas como câncer de mama, menopausa, e osteoporose.

O exame dói ?

Não. É preciso estar relaxada. Converse com seu médico se estiver com medo.

O que é o Câncer de Colo de Útero ?

Onde fazer o exame ?

Se você tem um convênio médico ou usa um médico particular marque uma consulta com seu médico ginecologista de confiança.

Este exame também pode ser feito gratuitamente em qualquer Unidade Básica de Saúde do Sistema Único de Saúde e também em todas as Faculdades de Medicina do Brasil. Procure por um Serviço de Saúde da Mulher.



Já diz o ditado: "Prevenir é melhor que remediar" ...

Beijos  e Abraços Coloridos!!!









Continue...

Parada Séria - Os GLBT's na África

Por : Drica Colorida

Gente , esse post de hoje, é para que possamos orar, pedir a Deus pelos GLBT's da África. Se já não bastasse ser um continente castigado com fome, miséria, aids e muitas coisas tristes, um povo castigado de todas as formas possíveis, uma lei diabólica, sim esse termo que uso "diabólica" porque é o que essa lei é de fato, uma lei que condena os homossexuais a morte. Em pleno século XXI, vemos um retardo fundamentalista, o pior dos comportamentos humanos, a intolerância hipócrita!
Acho que todos os países realmente devem se mobilizar contra isso. E vamos orar não só pelos GLBT's mas pelas pessoas usadas para criar tal coisa, para que possam enxergar que grande mal estão fazendo aos seus sememlhantes, e que um pouco de amor possa brotar no coração de todos os africanos, que são um povo que já sofreu demais ao longo da história humana. Que Deus lhes abra o coração. Já sofreram tanto nas mãos de outros povos, agora eles mesmos se maltratam. 
Vamos unir nossas orações em favor dos africanos! e também de todas as pessoas ao redor do mundo, para que o respeito as diferenças, sejam prioridade entre todos nós. 
Que haja respeito quanto a cor, raça, religião, portadores de necessidades especiais, etc.

Somos diferentes sim, mas também somos iguais, porque em nós bate o mesmo coração!!!










Continue...

Era só mais um sonho...

Por: Drica Colorida

Envolvida em teus beijos
Em teu carinho me encontrei.
Andáva-mos entre as flores
Como me apaixonei.
Os pássaros entoavam cânticos
O dia estava lindo a brilhar.
À noite em meus braços
Sobre a luz do luar.
E o toque de tua pele
Macia a me envolver.
Era como uma canção
Que entrava em meu ser.
Teus gemidos e sussurros
De tons leves em sintonia.
Quando enfim eu vejo
Amanheceu o dia, 
Dia nublado e tristonho
Era só mais um sonho...


Siga-me no Twitter : SEGUIR



Continue...

Contexto de Quem Ama

Por: Drica Colorida
Quem ama se entrega,
Quem ama se doa,
Quem ama luta 
e vence os obstáculos.
Quem ama quer o bem
mas também repreende se 
se necessário for.
Quem é ama é imparcial
Ainda que mergulhada em amor.
Quem ama tudo espera
sabe dar e receber.
Quem ama, ama assim
Como eu amo você!
Quem ama também chora, 
e dos sorrisos faz encantar.
Quem ama quer estar perto
Para um doce carinho dar.
Quem ama lhe nasce uma força
Que até os montes pode transpôr
Quem ama vence o impossível
faz ser tão simples como uma flor.
Quem ama, tem amor e tem paixão
Mas sabe a melhor dosagem
pra regar o coração.
Quem ama simplesmente ama,
porque o amor está além 
de toda compreensão.

Siga-me no twitter: SEGUIR






Continue...

O Brilho Dos Teus Olhos

Por: Drica Colorida


Foi assim, sem procurar, sem esperar,
Meus olhos encontraram
Um brilho que os encantou.
Brilho forte e cativante,
Como estrela radiante.
E o sorriso...
Ah como é lindo!
Faz meu coração disparar.
Ela diz: espera um pouco...
Ela não entende o tempo passar
Não sabe que os sonhos
podem se realizar.
Ela diz: agora não...
Não sabe quanto amor
há no meu coração.
Ela diz: estou sem tempo...
Mas ela mora
em meu pensamento.
Ela diz: to ocupada...
e eu a quero
como minha namorada!
E os caminhos
vão parecendo distantes, 
dois mundos inconstantes
traços às vezes tortos, 
mas eu sempre encontro
o brilho dos teus olhos.


Siga-me no twitter: SEGUIR


Continue...

Poesia - Inconfesso Desejo

Inconfesso Desejo

Queria ter coragem
Para falar deste segredo
Queria poder declarar ao mundo
Este amor
Não me falta vontade
Não me falta desejo
Você é minha vontade
Meu maior desejo
Queria poder gritar
Esta loucura saudável
Que é estar em teus braços
Perdido pelos teus beijos
Sentindo-me louco de desejo
Queria recitar versos
Cantar aos quatros ventos
As palavras que brotam
Você é a inspiração
Minha motivação
Queria falar dos sonhos
Dizer os meus secretos desejos
Que é largar tudo
Para viver com você
Este inconfesso desejo



CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE
 


Continue...

Poesia - As Sem-Razões do Amor

As Sem-Razões do Amor

Eu te amo porque te amo,
Não precisas ser amante,
e nem sempre sabes sê-lo.
Eu te amo porque te amo
Amor é estado de graça
e com amor não se paga.
Amor é dado de graça,
é semeado no vento,
na cachoeira, no eclipse.
Amor foge a dicionários
e a regulamentos vários.
Eu te amo porque não amo
bastante ou demais a mim.
Porque amor não se troca,
não se conjuga nem se ama.
Porque amor é amor a nada,
feliz e forte em si mesmo.
Amor é primo da morte,
e da morte vencedor,
por mais que o matem (e matam)
a cada instante de amor.

CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE


Continue...

Contos - E tudo se fez novo 6

Passamos um lindo fim de semana em família! Thaís e eu estávamos felizes, quantos queriam ter o apoio da familia, e nós tínhamos, dos dois lados. Parecia um sonho. Voltamos e trabalhamos bastante, conseguimos contratar uma outra secretária, era uma senhora super legal, D. Anita, experiente, falava 3 idiomas, foi fundamental para melhorar o atendimento no escritório. E a empresa cresceu. Tivemos que mudar para um lugar maior, vários estagiários, e cargos novos. Eu e Thaís tinha-mos que viajar bastante. Mas havia pessoas de confiança na empresa. A essa altura, já moráva-mos juntas, nosso cantinho estava aconchegante, decoramos o ap do nosso jeito. Recebía-mos nossa família e amigos em nossa casa. Até que depois de um tempo, Thaís se formou, a empresa estava já conceituada no mercado, decidimos formalizar nossa união. Hora de casar! Demos entrada nos papéis de parceria civil, e no dia marcado... as noivas estavam ansiosas e lindasss!!! Usamos vestido igual, branco!! Foi lindo nosso casamento! Nossa Familia e amigos ali comemorando conosco! Na hora do "sim" quanta emoção! selada com um beijo de amor! A felicidade morava em nós! Adotamos duas crianças, Mateus com um ano e meio, e Clara que ja tinha tres anos, eram irmãos de sangue. E nossa familia é feliz! 
E o mais certo de tudo, que a esperança e os sonhos, podem se tornar realidade, ainda que pareçam difíceis, ainda que tudo pareça contra, quando existe amor, e verdadeiro ele rompe os limites e faz a felicidade reinar em nossos corações!




Continue...

Contos - E tudo se fez novo 5

Passou-se três meses, maravilhosos por sinal, quando um belo dia, em uma reunião, sem querer esbarrei, numa mulher, muito metida e arrogante, pedi desculpas e ela ainda teve a cara de pau, de mandar eu por óculos, péssima educação!! Ela era a diretora executiva de  uma das empresas do Grupo que eu prestava serviços. O clima não ficou bom. O pior que ela era ficaria encarregada de passar coordenadas para o meu escritório. Eu não via a hora de acabar a reunião!
Enfim fui pro escritório, Tháis logo percebeu meu estress, "o que hove amor?" Eu expliquei pra ela. Ela me deu tanto carinho, que logo esqueci. No dia seguinte, eu chamei Thaís, e disse a ela que não queria que ela trabalhasse mais como minha secretária, ela ficou sem entender, quase chorou, ai eu disse, "quer casar comigo amor?" Ela se emocionou, nos abraçamos e ela disse, "mas não posso deixar a bagunça voltar pro escritório, mas um motivo pra mim continuar", e eu respondi  "e quem disse que você sairá?", Quero que seja minha sócia, que me acompanhe nas reuniões, seus estudos já tão quase no fim, e você já entende como funciona tudo. A gente arruma outra secretária. Nos abraçamos, eu fui até a casa dela, os pais dela gostavam muito de mim, e já sabiam de nós, contamos a eles nossos projetos! Eles ficaram felizes!
Quando veio o fim de semana, viajamos, fui visitar mamãe, eu tava já um tempo sem vê-la. E minha mãe, era tudo pra mim, me apoiava em tudo, mesmo me vendo pouco na época, a gente se falava sempre! Eu precisava vê-la, meu irmão tinha ido fazer um curso na Europa, e ela estava sozinha com papai.
Então fomos, curtimos também a praia, e voltar naquele lugar, naquela praia, me trouxe muitas lembranças, lembrei de Paty. A casa onde ela morava havia sido vendida e demolida, construiram um prédio. Pedi Thaís que ficasse um pouco com minha mãe, e fui dar uma volta. Me sentei na praia, olhei pro mar, que saudade! Mas ao mesmo tempo senti uma paz! Pois a vida continua e eu estava Feliz! Voltei pra casa....

Continua........................


.
Continue...

Contos - E tudo se fez novo 4

Começamos a namorar. Nosso primeiro passeio foi no cinema. Fomos de mãos dadas, comemos pipoca, foi muito legal. Mas ao fim, levei ela pra casa. Antes dela sair do carro, namoramos um pouco, mas fui embora, queria que nosso amor acontecesse naturalmente, sem nada forçado e tinha que ser especial! Entre o trabalho, arrumavá-mos sempre um tempinho pra uns beijinhos... Certo dia, após o trabalho chamei ela pra ir no meu ap, pra jantar comigo lá! Já tinha combinado com minha secretária do lar, pra deixar o jantar pronto, e uma mesa especial.
E fomos. Chegando lá, estava tudo perfeito, mesa posta, meia luz. Chegamos, eu liguei o som, com musicas romanticas, perguntei se ela queria algo pra beber, ela pediu um suco, nós não bebíamos nada com álcool. Chamei ela pra dançar comigo, dançamos coladinhas, namoramos, e tava difícil pra segurar!!!
E naquele clima, namorando, chamei ela pro quarto, ela pediu pra tomar um banho, quando ela tava no chuveiro, não aguentei, fui até lá, ela me chamou, entra aqui, e namoramos, e fomos pra cama, e fizemos amor pela primeira vez, e a primeira vez dela também! Como foi lindo, ela se tornando mulher em meus braços, foi maravilhoso! depois nos lembramos da janta rs, jantamos, e a noite foi mais maravilhosa ainda, entre carinhos, dormimos felizes e realizadas!

Continua.............





Continue...

Contos - E tudo se fez novo 3

No dia seguinte, de volta a rotina do escritório. Quando cheguei, tava tudo tão perfumado, tinhas flores enfeitando o ambiente, tudo organizado! Que bom trabalhar assim. Thaís era muito dedicada! Eu teria três reuniões aquele dia, mas correu tudo tão tranquilo, foi um dia maravilhoso! Ao final do dia, perguntei a ela se queria novamente uma carona. Ela disse que não precisava, não queria abusar de mim. Mas eu insisti em levá-la. No caminho, o pneu furou. E agora, ela ficou nervosa, rua vazia. Mas eu  sabia trocar um pneu. Ela veio me ajudar Me sujei toda, mas consegui. Pedi a ela que fosse comigo ao meu ap, precisava de um banho e trocar de roupa. Fomos. Entramos, ela me esperou na sala. Sai do banho, ainda enxugando os cabelos, ela estava olhando meu aquário, eu me aproximei, ela se virou repentinamente, ficamos cara a cara, nos olhamos, não saia palavras, apenas um olhar intenso. E fomos nos aproximando, e quando vimos estáva-mos envoltas em um beijo, por sinal maravilhoso! Paramos, ficamos sem graça, ela não sabia o que dizer, eu também fiquei timida, pedimos desculpas, mas não foi suficiente, nos beijamos de novo, com um desejo imenso. Nos perguntamos, o que era aquilo... Foi tão bom, me arrumei e a levei pra casa!
Na manhã seguinte, seria diferente né, depois do beijo... Cheguei cedo, ela já estava, e estava tão nervosa, me respondia, "sim senhora", como se nada tivesse acontecido! Chamei ela, pedi que fechasse a porta, perguntei se ela já havia tido algo com outra mulher, ela disse que sempre teve desejo, mas nunca havia namorado mulheres, e homem só um rapaz que ela havia beijado uma vez! Caramba, além de linda, era pura! Eu disse pra ela, não ter medo! Eu não faria nada que ela não quisesse! Mas uma vez, nos beijamos, mas ela tinha receio, por ser minha funcionária, se isso era correto! Eu disse que o que sentía-mos era maior que tudo!

Continua..................................



Continue...

Contos - E tudo se fez novo 2

Thaís organizou tudo numa verdadeira perfeição. Era super dedicada, mas as vezes eu notava ela um pouco triste e distante. Certo dia resolvi chamá-la pra conversar. Perguntei se ela estava passando algum problema, ela ficou tímida, mas eu disse pra ela confiar, que poderia se abrir comigo. Eu queria ajudá-la. Ai ela se abriu, disse que estava sendo vítima de preconceito, por ser negra. Ela e seus pais estavam sendo humilhados pelos moradores do condomínio onde moravam. E começou a chorar. Caramba, eu queria ajudá-la de alguma forma. Disse a ela que a indiferença a eles era a melhor coisa, e poderia denunciar também. Ela me disse que os pais eram sem instrução, o pai trabalhava pesado, a mãe também, haviam adquirido a casa, por herança de um tio. E os moradores, a maioria de posses, zombavam deles, tinha aqueles jovens filhinhos de papai, que os humilhavam, e os pais nada faziam, ainda ajudavam. Que revolta eu senti.
Na saída, fiz questão de levá-la em casa. Queria ver se algum idiota , iria mexer com ela. Chegamos na entrada do condomínio, tava deserto, só o vigia. Ela me chamou pra entrar, conhecer os pais dela. Eu fui, foram tão simpáticos, que família linda! A mãe dela me ofereceu café com biscoitos feitos  por ela mesma. E o pai, que senhor bacana, contando histórias da roça, onde haviam morado. Mas já era tarde, eu precisava ir, mas tive que prometer que voltaria, rs.
Thaís foi comigo até o portão, quando nos despedimos, sem querer nossos lábios quase se tocaram, ficamos vermelhas, pedi desculpas, ela também, que situação!!

Continua.............................


Continue...

Contos - E tudo se fez novo 1

Quatro anos depois...

Poxa que correria, " Marcelooo , cadê a chave do meu carro?". Caramba, já eram dez da manhã, eu tinha reunião às onze, e não achava a chave do meu carro. Marcelo, meu estagiário, ficava louco comigo. Até que achei, debaixo de uma pasta de papéis. Eu precisava de alguém pra organizar aquela bagunça no escritório, Marcelo saia muito, pra resolver os pepinos na rua. Pronto, preciso de uma secretária.
Fui pra reunião, e foi bem produtiva. Fechei negócio com uma grande empresa de Telefonia Móvel. O serviço seria grande, Auditoria, realmente, eu precisava de uma secretária.
Passei o dia na rua, depois fui direto pro meu apartamento. Tava cansada. Estava no meu quarto assistindo um filme pra relaxar, quando o telefone tocou, era Marcelo, "Martinha, tenho uma amiga interessada na vaga, posso levar ela amanhã?" "Pow Marcelo, ela tem experiência?" "Eu levo ela você entrevista, fechado?" "Tá bem, leva, beijo vou dormir".
Acordei cedo, tomei um banho, tomei café, e fui pro escritório. Tinha que organizar a bagunça, Marcelo chegou, sem a amiga, disse que ela já estava chegando. Eu tava intertida, arrumando os papéis, quando Marcelo entrou dizendo que a menina tinha chegado, eu fui logo dizendo pra ela entrar.
Seu nome era Thaís, alta, 22 anos, ainda estudante, mas já havia trabalhado em escritório. Ela uma mulata muito bonita, cabelos encaracolados, cumpridos. Ah quanto tempo não admirava uma mulher, nem ninguém na verdade. Depois que Paty partiu, eu havia me fechado pro amor. Mas ali era totalmente profissional, sem interesse. Eu nem tinha tempo pra isso........

Continua....................



Continue...

Contos - O QUE HÁ, MEU CORAÇÃO? 11

"Minha filha, vem pra casa" Caramba, eu já fiquei nervosa. Minha mãe, queria que eu largasse a aula e fosse pra casa, queria falar algo comigo. Eu fui. chegando em casa minha mãe disse: "senta filha". Pedi que ela falasse logo, ela disse que Paty havia passado mal de novo. E estava no hospital. Mas uma vez, um aperto veio no meu peito. Ai ela disse, "filha, presta atenção, há coisas que não podemos mudar, há coisas que podemos... " Eu interrompi ela, "Para mãe, vamos logo pro hospital". Então ela me contou, que o quadro era mais grave, que era de hemorragia. Caramba, eu fiquei angustiada. Ela tinha que operar, não tinha jeito. Fomos pro hospital. Chegando lá, ela já tinha entrado pra cirurgia, estava em coma. A mãe e o pai desesperados. Eu me sentei num canto, e só pedia a Deus por ela. Passou-se uma hora, duas horas, três horas e nada de notícias. Até que o médico apareceu. E disse que eles haviam controlado a hemorragia, mas o quadro ainda era muito delicado. Pela manhã, estavamos todos ali, sem ter dormido um instante. Minha mãe trouxe café pra nós, puxa minha mãe era uma força e tanto naquele momento. O médico apareceu, perguntando: "quem é Marta?" Eu dei pulo e disse "eu dr,  pq?" Ele disse "vem comigo". Colocaram em mim um monte de roupa, máscara e tals, ela havia despertado e queria me ver. Entrei, e aproximei dela, ela segurou minha mão, e disse com a voz fraca: "Você foi a  história mais linda que vivi, eu te amo" Eu ja nem continha as lágrimas, e disse pra ela que ela ia ficar bem, que eu a amava muito e nós iríamos curtir muito o nosso amor. Os pais entraram, abraçaram ela, eu me afastei um pouco, uns dez minutos ela me chamou, segurou minha mão e disse que queria que fosse muito feliz, que lutasse pelos meus sonhos, e que lembrasse dela. Eu disse : "para amor, parece uma despedida, que isso?" Ela me olhou mais uma vez e disse: "Eu te amo" Seus olhos foram fechando lentamente, suas mãos continuaram seguras as minhas. Ela partiu. Eu chorava, não consguia acreditar, os médicos vieram correndo, tentando reanimá-la, mas não adiantou, ela se foi. Os pais dela em desespero. Minha mãe ao meu lado, tentando me acalmar. Mas era fato, minha princesa havia partido, e com ela a história de amor mais linda da minha vida. Passei bastante tempo, triste, sem sair de casa pra passeios, só pra estudar mesmo. A lembrança dela em meu coração. Os pais voltara pra MG. Foi muito difícil pra mim. Depois de um tempo, terminei a facul, me formei. Alguns anos se passaram.....

Continua............................




Continue...

Contos - O QUE HÁ, MEU CORAÇÃO? 10

Chegamos na casa dela, ela já estava bem melhor. Os pais dela me agradeceram, por eu ter estado todo tempo ao lado da filha. Disseram que era uma boa amiga!! eu pensando: "sim sou mais que isso"... fui pra casa, precisava ver algumas coisas, retomar a vida, ainda tinham as provas!
De meia em meia hora, meu amor me ligava! eu dizia: "amor, tenho que estudar?" rs. Ela com aquela voz manhosa, cheia de dengo. Só pude ir vê-la na manhã seguinte, morrendo de saudades! Cheguei lá, ela tava tão linda, com um vestido florido, cabelos molhados, dizendo que ia sair, eu disse: " e vai onde heim mocinha?" Ela queria bater perna no shopping, vê se pode? Eu disse nada disso, mas ela não queria nem saber, queria ver as coisa, estava cansada de ficar trancada. Eu fui com ela né, lógico, não ia deixar meu amor sozinha na rua.
Fomos, compramos roupas, lingerie novas rs, almoçamos lá, tomamos sorvete, eu disse pra ela pra voltar-mos logo, porque estava se esforçando muito! Mas ela estava alegre. Fomos pra casa, os pais dela tinham ido trabalhar, a secretária doméstica já tava indo embora. Ficamos sós, ela foi exerimentar as ligeries pra mim. Não teve jeito né, era colocar e tirar rs, estava linda, namoramos bastante. Passamos um belo dia juntas! Fui pra casa, ainda tinha facul. A mãe dela chegou, me despedi e fui.
Quando estava na facul, o celular tocou, era minha mãe...............

Continua....................





Continue...

Contos - O QUE HÁ, MEU CORAÇÃO? 9

Chegamos ao hospital, a mãe e o pai dela, estavam muito nervosos, minha princesa estava na UTI. Minha mãe do meu lado, me acalmava. Foi uma noite angustiante, eu pedia a Deus que mudasse aquele quadro. eu a amava muito, não queria perde-la. Nós não durmimos, entre choros e orações, esperamos por uma notícia dos médicos. Até que ele apareceu pela manhã. E deu a notícia, ela havia melhorado! Puxa como ficamos felizes!! nos abraçamos, ele liberou um de cada vez pra vê-la. Foi a mãe, o pai, depois eu fui. Na minha vez ela segurou forte a minha mão. Eu disse que estaria ali perto dela o tempo todo. E disse assim " ve se melhora mocinha, precisamos fazer novos passeios!, eu como guia turística, não terminei o pacote rs!" Ela sorriu, ficou com semblante alegre e eu fazia rir o tempo todo, contei piada, contei história, até que acabou o tempo. Fui em casa, tomar um banho comer algo e voltei rápido pro hospital, esqueci até das provas. Mas minha mãe, pow não imaginava que ela seria tão importante nesse momento, ligou pra facul e deu uma desculpa, conseguiu que eu fizesse outro dia as provas.
Voltei pro hospital, a tardinha o médico me chamou, disse que ela queria que eu fosse ficar um pouco com ela, ele só ia liberar, porque viu que ela se alegrava com minha presença. O médico era bacana! Ele disse no meu ouvido, o amor é o melhor remédio, eu pensei poxa será que dou tanta pinta assim!! até o médico! Ele disse que era casado há 12 anos, com homem. Eu fiquei pasma!! Fiquei com ela, e notei que ela ficava bem, eu animava ela bastante! Entre uns beijinhos roubados rs e umas piadas!
Uma enfermeira entrou, pra trazer a medicação, ela implicando comigo, disse pra enfermeira se ela ia dar banho nela, aff que ciume que fiquei rs ela riu da minha cara e disse " calma amor, preciso tomar banho" eu disse " A sua danada, já ta boa né, então vou embora ela cuida de você" Caimos na gargalhada! A enfermeira disse que não ia dar banho em marmanja, que se fosse marmanjo ela dava, ai que rimos mais ainda e ela ainta pegou um guardanapo fez bolinha e tacou atrás da enfermeira rsrs. A mãe dela chegou, trouxe umas coisas pra ela e notou a melhora dela.
Dois dias depois ela teve alta, mas com muitas recomendações. Precisava de repouso, e tomar os remédios na hora certa. Fomos pra casa, ela foi deitada no meu colo no banco de trás do carro.......

Continua.........................



Continue...

Contos - O QUE HÁ, MEU CORAÇÃO? 8

Acordamos, eu naquele dia estava disposta a não deixar ela triste. Disse pra ela "amor se arruma, hoje será um dia especial". Fui em casa me arrumei, peguei a moto do meu irmão, e levei ela num lugar lindo. Ela foi abraçadinha comigo na moto. Levei ela num lugar com uma cachoeira, montanhas, lindo. Dentro de um sitio de um amigo meu. Não ia ninguém por ser particular. Tomamos banho na cachoeira, tiramos fotos lindas, sentamos numa pedra, ela ficou na minha frente eu a abraçava por trás, uma brisa tocava nosso rosto, tão gostoso, eu dizia no ouvido dela: "amor vou estar sempre do seu lado". A beijei com tanto carinho, com tanta intensidade, nós realmente éramos uma só. Descemos, eu tava com a chave da casa. Tomamos um suco, comemos umas frutas, eu fui no quarto ver como estava, ela veio por trás de mim me derrubou na cama, me acariciava, só o toque dela, ja me fazia a mulher mais feliz do mundo. Fizemos amor, nossos gemidos de prazer eram intensos, cada toque, cada palavra de carinho. Eu jamais pudera imaginar que um amor pudesse ser tão forte assim. E era, com ela, o mundo a nossa volta era só eu e ela, parecia que tudo parava, que o tempo parava! Sorríamos , brincáva-mos... Fomos na cozinha, fizemos brigadeiro, e nos sujamos de chocolate, fizemos guerra de chocolate, foi um dia mágico, sem sombra de dúvida. À tardinha fomos pra casa. Deixei ela em casa, e fui embora. Tomei um banho, deitei um pouco, adormeci. Acordei com minha mãe me chamando: "filha, preciso falar com você!" eu disse que foi mãe, ela se sentou ao meu lado, e sem jeito, me contou que Paty havia passado mal, e foi levada ao hospital, eu entrei em desespero, comecei a chorar, minha mãe me abraçou, e sem rodeios me perguntou, o que havia entre nós, eu olhei pra ela, assustada com a pergunta, mas ela calmamente me disse "filha, já sou vivida o bastante, pra notar olhares diferentes, e você não precisa ter medo de mim, além de mãe,sou sua melhor amiga, te apoiarei se você for assim, jamais te viraria as costas" Abracei minha mãe, e chorei como criança. Ela deixou eu chorar, desabafar, depois mandou eu mudar de roupa, iria comigo pro hospital....

Continua.................................




Continue...

Contos - O QUE HÁ, MEU CORAÇÃO? 7

Logo cedo levantei, nem tomei café direito, fui na casa dela. Ela ainda dormia, a mãe dela estranhamente, não deixou eu entrar, disse pra mim voltar outra hora. Voltei pra casa, esperei um pouco liguei pro cel dela, ela estava diferente, com a voz triste, eu perguntei "amor o que houve? o que tá acontecendo?" Ela desconversou, disse que tava se arrumando pra voltar ao médico. Mandou um beijo e desligou. Minha mãe me chamou pra ir as compras, eu fui. Mas o pensamento distante, preocupada com ela.
Chegamos das compras, eu tomei um banho, almocei, fui pro meu quarto, tinha prova na facul a noite, mas eu não tinha cabeça pra estudar. Ela me ligou, me chamando pra ir vê-la. Eu fui, ela me abraçou tão fortemente, me beijou, disse que estavamos a pouco tempo, mas ela ja me amava. Começou a chorar, e eu sem entender, ela disse que não queria me fazer sofrer, que o melhor sería-mos nos afastar. Eu sem entender perguntei o porque, ela só chorava, foi quando pegou os papéis dos exames, e chorando me disse o resultado, havia sido encontrado um coágulo em seu cérebro, numa região muito delicada, e o médico não deu muitas esperanças. Meu chão caiu. Eu não podia acreditar naquilo. Uma coisa eu sabia, que eu lutaria ao lado dela até o fim, que não a abandonaria por nada e nem por ninguém. A abracei e disse pra ela, que eu a amava, e que isso não era motivo pra mim abandoná-la. Choramos. E eu disse a ela, que não havia nada impossível para Deus, que iríamos vencer essa doença, que ela ficaria curada. Nos amamos, dormimos bem juntinhas, e nosso amor fazia a gente esquecer de tudo, nosso amor era mais forte que qualquer doença. Ela dormiu em meus braços.

Continua.........................




Continue...

Aviso

oi amigas coloridas o blog hoje ta em manuntenção, desculpe o transtorno, é para melhorias!!

Obrigada!!
Continue...